RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec <p>A revista é editada na cidade de Jundiaí, SP, Brasil.</p> <p>A <strong><em>RECISATEC</em></strong> - Revista Científica Saúde e Tecnologia, <em> </em>tem como objetivo promover e disseminar os estudos nas áreas de ensino e pesquisa em Saúde e Tecnologia, voltadas à área da saúde. A revista possui uma política de acesso aberto. Qualquer internauta pode entrar no site da revista, ler, baixar os artigos completos, sem precisar fazer o cadastro ou pagar qualquer valor.</p> <p>A <strong><em>Recisatec</em> </strong>é uma revista de conhecimento e tecnologia em saúde, concebida por meio de discussões multidisciplinares que englobam questões sociais, ambientais, tecnológicas e sustentáveis pertinentes à esta área.</p> <p>A arte do ensino e da pesquisa, no âmbito da saúde e tecnologia, há muito tempo vem caminhando juntas, promovendo e discutindo as descobertas nesses campos da ciência, sejam eles teóricos ou práticos.</p> <p>Essa revista tem ainda o desafio de divulgar os estudos e pesquisas nacionais e internacionais, relacionadas às áreas da saúde e tecnologia, contribuindo assim com o desenvolvimento e divulgação das pesquisas relacionadas com essas áreas do conhecimento.</p> <p>A revista <em><strong>RECISATEC</strong> </em>é uma publicação eletrônica, em fluxo contínuo mensal, com o ISSN 2763-8405. É uma produção independente, dirigida pelo seus editores chefes (responsáveis pela sua gestão), conselho editorial e conselho científico, seguindo sua Missão e seu Regulamento aprovado e publicado neste espaço. Por ser uma revista com menos de um ano, ela ainda não possui o qualis. Você poderá publicar seu artigo nos seguintes idiomas: Português, Inglês, Espanhol e Francês. Caso seu artigo esteja em outro idioma, favor entrar em contato com os editores responsáveis para que possamos verificar a possibilidade da publicação.</p> pt-BR <p>Os direitos autorais dos artigos/resenhas/TCCs publicados pertecem à revista RECISATEC, e seguem o padrão <em>Creative Commons</em> (CC BY 4.0), permitindo a cópia ou reprodução, desde que cite a fonte e respeite os direitos dos autores e contenham menção aos mesmos nos créditos. Toda e qualquer obra publicada na revista, seu conteúdo é de responsabilidade dos autores, cabendo a RECISATEC apenas ser o veículo de divulgação, seguindo os padrões nacionais e internacionais de publicação. </p> magera1963@gmail.com (Prof. Dr. Márcio Magera Conceição Ph.D) erb0403@gmail.com (Edson Roberto Berbel) Sat, 01 Jan 2022 00:00:00 +0000 OJS 3.3.0.7 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO PERMANENTE HOSPITALAR NO PERÍODO DA COVID-19 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/60 <p>A pandemia causada pelo novo Coronavírus (COVID-19) tornou-se um dos grandes desafios deste século. Seus impactos históricos e sociais ainda estão em andamento, mas seus efeitos atingiram tanto a área da saúde quanto a economia da população mundial, Emergências em saúde pública exigem ações rápidas, e constituem situações em que devemos adaptar nossa capacidade de resposta diante de cenários imprevistos. Por isso, conhecer e aprender com os impactos de epidemias anteriores é o meio mais eficaz para melhorar o enfrentamento de seus efeitos. Objetivo: Evidenciar a importância da educação permanente no âmbito hospitalar, ressaltando o período desafiador da COVID-19. Metodologia: O presente estudo consiste em uma revisão bibliográfica de natureza teórica, com finalidade descritiva por meio de procedimento documental, artigos e bibliográfico, com conteúdos coletados das bases de dados da Scielo, LILACS, E BVS entre os anos 2007 e 2021. Utilizando os descritores COVID-19, EDUCAÇÃO PERMANENTE E UNIDADES HOSPITALARES. Resultados e Discussão: Durante a pandemia, foi possível perceber que a Educação Permanente em seu papel de promover e inspirar a troca de experiências desempenhou um papel fundamental e singular, proporcionando aos profissionais o reconhecimento de suas limitações, o fortalecimento de seus conhecimentos e a possibilidade de juntos superar limites e dificuldades através do desenvolvimento do seu potencial. Conclusão: Observou-se que o papel desempenhado pela EP, pode promover através do ensino-aprendizagem, estratégias para a oferta de uma prática assistencial firmada em processos institucionais, de forma segura ao paciente</p> Sarytha Edith Harrys de Lemos dos Santos Silva, Milena Maria Andrade de Oliveira, Mirela Claudia da Silva, Hosana Sintique Lima Correia de Melo, Alex José Moreira da Silva, Vanessa Vansemberg Conceição Silva, Caio César de Carvalho Cavalcante, Priscilla Fernandes Silva de Freitas, Alex Sandra Alexandrina de Almeida, Hugo Christian de Oliveira Felix Copyright (c) 2022 RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/60 Fri, 21 Jan 2022 00:00:00 +0000 ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A MULHERES PRIMÍPARAS PARA O ALEITAMENTO MATERNO: DESAFIOS E POTENCIALIDADES https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/61 <p>Objetivo: Investigar as contribuições da enfermagem na assistência ao aleitamento materno em mulheres primíparas. Metodologia: Trata-se de uma revisão de literatura nas bases de dados LILACS e SciElo, onde 10 artigos foram selecionados de 78 recuperados. Resultados: Demonstrando a importância das ações da enfermagem na promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno, que devem ser iniciadas de maneira imediata no pré-natal, mantendo-se até o puerpério, com ênfase nas mulheres primíparas, bem como a relevância do leite materno para o crescimento e desenvolvimento cognitivo da criança, através de atividades educativas e acompanhamento da mãe e criança, durante o período destinado da amamentação. Conclusão: Dentre os desafios encontrados pelo enfermeiro na assistência as mulheres primíparas podemos citar: falta de adequação por alguns profissionais e instituições em seguir as boas práticas para o parto e aleitamento materno, quebra de crenças e tabus, condições socioeconômicas, e inclusão da participação familiar. Já as potencialidades podem ser evidenciadas pelas múltiplas ações do enfermeiro que alcançam um impacto positivo na qualidade de vida do binômio, através do acolhimento, humanização, escuta ativa, curso de gestantes no pré-natal, roda de gestantes e visita puerperal. O enfermeiro é o profissional com habilidades técnicas-científicas na arte do cuidar.</p> <p>&nbsp;</p> Adriana Paula Morais de Albuquerque, Erik Morais de Albuquerque, Roberta Rakele Medeiros de Arruda, Roberta Rosa da Silva Feitosa, Jonas Amorim da Silva, Pollyanna Christina do Nascimento Rodrigues, Diana Silva do Nascimento, Wanuska Munique Portugal, Giselda Bezerra Correia Neves, Paulo Dias de Amorim Neto Copyright (c) 2022 RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/61 Mon, 17 Jan 2022 00:00:00 +0000 BLOQUEIO NERVOSO PERIFÉRICO COMO TRATAMENTO CIRÚRGICO PARA DOR DE CABEÇA DE USO EXCESSIVO DE MEDICAMENTOS: DOIS RELATÓRIOS DE CASO https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/73 <p>Dor de cabeça de uso excessivo de drogas (EMC) é uma dor de cabeça secundária que ocorre por 15 ou mais dias por mês em pacientes com diagnóstico pré-existente de dor de cabeça primária, o que leva ao consumo excessivo regular de medicamentos sintomáticos de dor de cabeça por 10 dias em casos de ergotamina, tripulações, opioides e combinações de analgésicos, ou por mais de 15 dias em casos de analgesics não opioides, ou por mais de 15 dias em casos de analgesics não opioides, ou por mais de 15 dias em casos de analgesics não opioides, ou por mais de 15 dias em casos de analgesics não opioides, ou por mais de 15 dias em casos de analgesics não opioides, ou por mais de 15 dias em casos de analgesics não opioides, ou por mais de 15 dias em casos de analgesics não opioides, ou por mais de 15 dias em casos de analgesics não opioides, ou por mais de 15 dias em casos de angesics não opioides, paracetamol e anti-inflamatórios não esteroides por mês por mais de 3 meses. O CEM é uma das doenças incapacitantes que teve a maior incidência desde a década de 1990. A principal medida terapêutica é a retirada do medicamento superusuado. No entanto, alguns pacientes não respondem totalmente ao protocolo de retirada e, além disso, aqueles que apresentaram melhora, ainda têm dores de cabeça mensais, embora suficientes para não serem diagnosticados com EMF. Os blocos anestésicos são um recurso para o gerenciamento de diferentes dores de cabeça, seja como tratamento isolado ou combinado, ou para o tratamento da dor de cabeça de recuperação após a retirada de medicamentos. Os anestésicos locais são capazes de interromper reversivamente a condução do impulso nervoso bloqueando canais de sódio dependentes de tensão através de sua fração não ionizada, reduzindo assim a excitabilidade celular. Assim, este estudo teve como objetivo relatar o uso do bloqueio nervoso periférico como um tratamento alternativo e eficaz para o MOH.</p> Weiler Ferreira Fonseca, Filipe Teixeira Borges Neves, Ledismar José da Silva Copyright (c) 2022 RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/73 Tue, 25 Jan 2022 00:00:00 +0000 HUMANIZAÇÃO NA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM À MULHER EM SITUAÇÃO DE ABORTO https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/67 <p>O aborto é considerado um problema de saúde pública mundial, devido à deficiência na assistência ao grupo de mulheres que vem crescendo, e também ao grande número de óbitos após o abortamento. Neste contexto, evidencia-se a importância da atuação dos profissionais da saúde no sentido de planejar e realizar ações de acordo com as necessidades de cuidado manifestadas pelas adolescentes, pois jovens que não são orientados adequadamente com frequência voltam a engravidar e quem sabe abortar novamente. O estudo se trata de uma pesquisa bibliográfica com abordagem qualitativa por dados coletados através de meio eletrônico pela Biblioteca Virtual de Saúde (BVS), nas bases de dados: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Base de Dados de Enfermagem (BDENF), Scientific Eletronic Library Online (SCIELO). Concluímos que diversas causas levam as adolescentes a abortarem, mas a que mais se evidencia é o medo dos pais, de ser expulsa de casa ou do contexto social a que pertencem. Sob esta perspectiva, ao iniciar a vida sexual, as adolescentes precisam encontrar no seio familiar abertura para conversar sobre as questões que os inquietam e no momento oportuno, com o apoio da família, buscar ajuda profissional para cuidar da saúde e adotar medidas seguras para prevenção de uma gravidez não planejada que poderá resultar em abortamento.</p> Larissa Christiny Amorim dos Santos, Lilian Laine da Conceição Dias, Wanderson Alves Ribeiro, Enimar de Paula, Kemely de Castro, Andressa Campolino Sobral, Clarissa Rosa de Oliveira Arnaldo Copyright (c) 2022 RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/67 Sat, 22 Jan 2022 00:00:00 +0000 INTERFACES DA ATENÇÃO PRIMÁRIA DE SAÚDE: UM ESTUDO REFLEXIVO https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/68 <p>Os cuidados primários de saúde são cuidados essenciais de saúde baseados em métodos e tecnologias práticas, cientificamente bem fundamentadas e socialmente aceitáveis, colocadas ao alcance universal de indivíduos e famílias da comunidade, mediante sua plena participação e a um custo que a comunidade e o país possam manter em cada fase de seu desenvolvimento, no espírito de autoconfiança e autodeterminação. O presente estudo se trata de um estudo reflexivo, com os dados coletados através de meio eletrônico pela Biblioteca Virtual de Saúde (BVS), nas bases de dados: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Base de Dados de Enfermagem (BDENF), Scientific Eletronic Library Online (SCIELO). Podemos concluir que a coordenação dos cuidados pela APS promove melhorias na qualidade da prestação, reduzindo barreiras de acesso a distintos níveis de atenção e integrando ações e serviços em um mesmo nível do sistema de saúde e no território. A continuidade no atendimento é considerada um fator importante para a qualidade do cuidado, garantindo efeitos positivos no desfecho da saúde, melhorando a relação profissional-paciente, aumentando o conhecimento e interesse do profissional de saúde pelo paciente, e contribui para a confiança e adesão ao tratamento.&nbsp;</p> Wanderson Alves Ribeiro, Larissa Christiny Amorim dos Santos, Keila do Carmo Neves, Bruna Porath Azevedo Fassarella, Ana Lúcia Naves Alves, Fernando Salgado do Amaral, Enimar de Paula, Kemely de Castro Copyright (c) 2022 RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/68 Sun, 23 Jan 2022 00:00:00 +0000 O LADO OBSCURO DA QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/56 <p>A contemporaneidade está cada vez mais sendo regido pela Quarta Revolução Industrial (4ºRI) e pelas suas inovações e avanços tecnológicos. Estas inovações estão presentes em todos os segmentos de negócio e em toda a sua extensão, de diversas maneiras, estando em seus produtos e serviços, com o intuito de facilitar suas ações, inovar, ampliar seus leques de oportunidades e atrair clientes. Todavia, apesar destas diversas oportunidades também existem diversos riscos, pois não foram apenas as facilidades dos produtores, fornecedores e usuários que se ampliaram, mas também de hackers, cyberpiratas, além da dificuldade da formação da mão de obra para atender as demandas desse novo ambiente. Portanto, o foco desta pesquisa é entender o lado mais obscuro e menos explorado da 4ºRI, dessarte, seus impactos negativos, que vem provocando mudanças abruptas nas operações dos ambientes de negócios. Através de uma revisão de literatura, baseada em uma pesquisa bibliográfica exploratória, de artigos e trabalhos acadêmicos elaborados desde 2013 até o ano vigente (nov./2021) usufruindo de informações das seguintes bases de dados: Google Acadêmico, <em>Scopus</em> e <em>Web of</em> <em>Science</em>, onde os termos de busca utilizados foram relacionados a "Quarta Revolução Industrial: suas dificuldades, seus desafios e seus impactos negativos” e “Indústria 4.0: suas dificuldades e seus desafios” e seus equivalentes em inglês; objetivando entender estes empecilhos e como eles estão sendo superados/contornados. O estudo identificou as repercussões negativas que a 4ºRI trouxe, não apenas no ambiente de negócios, mas também as que se refletem diretamente na sociedade e como estas estão sendo superadas.</p> Agatha de Almeida Santos, Francisco Ignácio Giocondo Cesar Copyright (c) 2022 RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/56 Fri, 31 Dec 2021 00:00:00 +0000 O MAPA VIVO COMO ESTRATÉGIA DE MONITORAMENTO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE - UMA REVISÃO INTEGRATIVA https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/65 <p>O mapa vivo configura-se como importante ferramenta de planejamento e gestão da atenção primária. Por meio dele é possível compreender a dinâmica situacional da saúde de determinada região a fim de criar estratégias que visem à promoção, proteção e recuperação da saúde, além de fomentar subsídios para a tomada de decisão pelos gestores, profissionais e usuários do SUS. O estudo justifica-se pelo impacto desta ferramenta na gestão do trabalho assistencial em saúde, podendo ser a razão pela qual a aplicação prática dessa ferramenta possa ser descontínua. Assim, se faz necessário o levantamento de informações para investigar as causas que levam ao surgimento de lacunas na continuidade da manutenção do mapa. Foi realizada uma revisão integrativa que buscou elencar informações capazes de evidenciar a influência do mapa vivo na gestão estratégica e na educação em saúde, os motivos que levam à obsolescência da aplicação contínua do mapa vivo, bem como a dificuldade de sua manutenção. A busca realizou-se em bancos de dados nas áreas da saúde como a LILACS, SciELO, Cochrane Library e Biblioteca Virtual de Saúde. Foi possível integrar conceitos relacionados à aplicação prática do mapa vivo no contexto do planejamento de ações estratégicas nas Unidades Básicas de Saúde. Nesse aspecto notou-se significativo debate contemplado no que tange a ausência de padronização e o questionamento da viabilidade do mapa vivo no cotidiano dos trabalhadores da saúde brasileira.</p> Leonardo Moraes Armesto, Thabata Roberto Alonso, Rodrigo Asier Santos Ortega, Lucas Kawamoto Dela Torre, Anna Victória Garbelini Ribeiro, Jorge Freitas Baueb, Giovana David, Gabriela Furst Vaccarezza Copyright (c) 2022 RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/65 Mon, 17 Jan 2022 00:00:00 +0000 O CÂNCER DE MAMA NO HOMEM: UM ESTUDO DE REVISÃO https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/63 <p><span style="vertical-align: inherit;"><span style="vertical-align: inherit;">Introdução</span></span><span style="font-weight: 400;"><span style="vertical-align: inherit;"><span style="vertical-align: inherit;">: O câncer de mama masculino (CMM) é raro e atinge cerca de 1% da população masculina no mundo. O autoexame, pode ajudar no diagnóstico precoce, é importante conhecer o corpo e caso identificar possíveis nódulos e ou anormalidades, deve-se procurar ajuda dos profissionais de saúde imediatamente. </span></span></span><span style="vertical-align: inherit;"><span style="vertical-align: inherit;">Objetivo</span></span><span style="font-weight: 400;"><span style="vertical-align: inherit;"><span style="vertical-align: inherit;">: Relatar a assistência de enfermagem, com foco na prevenção e ou identificação precoce do CMM. </span></span></span><span style="vertical-align: inherit;"><span style="vertical-align: inherit;">Metodologia</span></span><span style="font-weight: 400;"><span style="vertical-align: inherit;"><span style="vertical-align: inherit;">: O estudo é uma revisão narrativa da literatura, com análise descritiva sobre o câncer de mama no homem. As buscas foram realizadas nas bases de dados Literatura Latino-americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE) e Banco de Dados em Enfermagem (BDENF) dispostos na Biblioteca Virtual de saúde. </span></span></span><span style="vertical-align: inherit;"><span style="vertical-align: inherit;">Resultados:</span></span><span style="font-weight: 400;"><span style="vertical-align: inherit;"><span style="vertical-align: inherit;"> Evidenciado, que é de extrema importância o diagnóstico precoce da doença, que os profissionais de enfermagem, auxiliam os pacientes, desde o encaminhamento para conclusão do diagnóstico até a prestação da assistência específica para o seu tratamento, clínico, medicamentoso através das quimioterapias e cirúrgicos, promovendo a melhoria na qualidade de vida e diminuindo o índice de mortalidade. </span></span></span><span style="vertical-align: inherit;"><span style="vertical-align: inherit;">Conclusão</span></span><span style="font-weight: 400;"><span style="vertical-align: inherit;"><span style="vertical-align: inherit;">: A cada ano vem aumentando o número de casos em todo mundo. Os profissionais de saúde devem orientar e educar a população sobre o CMM, a fim de permitir um diagnóstico precoce, tratamentos mais resolutivos e menos mutiladores, esse é um bom caminho para o melhor desfecho.</span></span></span></p> Jonas Amorim da Silva, Adriana Paula Morais de Albuquerque, Erik Morais de Albuquerque, Roberta Rakele Madeiros de Arruda, Roberta Rosa da Silva Feitosa, Pollyanna Christina do Nascimento Rodrigues, Diana Silva do Nascimento, Wanuska Munique Portugal, Paulo Dias de Amorim Neto, Giselda Bezerra Correia Neves Copyright (c) 2022 RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/63 Tue, 11 Jan 2022 00:00:00 +0000 O SILÊNCIO DO PACIENTE COMO UMA RESISTÊNCIA NA TERAPIA PSICANALÍTICA https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/66 <p>A psicanálise tem um papel relevante como abordagem terapêutica e com ela a presença de um fenômeno recorrente que atravessa a clínica psicanalítica como a mais poderosa das resistências as recordações: o silêncio. Desenvolvida através da técnica da associação livre, o paciente é instruído a falar tudo o que vier à mente, no entanto, para acessar a tais conteúdos inconsciente, a transferência emerge concedendo ao analista um lugar-de-suposto-saber e afetos que marcaram a vida sexual infantil do analisando. Este artigo propõe-se a investigar o silêncio do paciente como efeito de resistência à abertura para além da palavra, compreender a sua função no ato analítico, seus sinais como transferência e advento da verdade. Entende-se que esse estudo deve auxiliar na compreensão do silêncio na clínica psicanalítica como ato a ser interpretado e manejado para tornar consciente o conteúdo reprimido que se repete. Nesta pesquisa foi utilizado a pesquisa bibliográfica em revistas especializadas de dados e artigos científicos e obras de referenciais acadêmicos. Espera-se que esse trabalho de pesquisa traga reflexões e práticas clínicas sobre o silêncio quanto um processo do campo da linguagem e do setting analítico.</p> Diogo Bonioli Alves Pereira, Allana Carolynne Sampaio Soares, Fabiane França Gomes Copyright (c) 2022 RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/66 Sun, 23 Jan 2022 00:00:00 +0000 PREPARAÇÃO DO CENTRO CIRÚRGICO PARA PACIENTES COM SARS-COV 2/ COVID-19 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/55 <p>Objetivo: Descrever através de um levantamento de publicações, orientações e recomendações relativas aos procedimentos de biossegurança no centro cirúrgico durante a pandemia do COVID-19. Metodologia: Trata-se de uma revisão sistemática, onde foi realizado um processo de seleção criterioso do material referenciado, considerando a importância para o presente estudo. A busca foi realizada com os seguintes descritores: Equipamento de Proteção Individual, Centro Cirúrgico, Infecções por Coronavírus. Resultados: Foram analisados 27 documentos, e após a análise do título e resumo foram excluídos 15 desses materiais por não contemplarem o tema em questão. Foram selecionados 12 documentos para este estudo. Conclusão: O centro cirúrgico é um setor essencial para os serviços hospitalares, baseado nisso medidas de biossegurança mais rígidas foram adotadas. Todas elas surgiram para ofertar um ambiente seguro de trabalho para os profissionais, bem como uma prestação da assistência cautelosa e de qualidade aos pacientes.</p> Anny Karoline De Oliveira Aquino, Renata Natália Jovelina Silva Montenegro , José Luís Silva dos Santos, Anne Célia Alves Vasconcelos da Silva , Luana Rocha Lopes, Mateus Demetrius Cavalcanti, Wanuska Munique Portugal, Lenio José de Pontes Costa, Hilton Silva Pina Junior, Giselda Bezerra Correia Neves Copyright (c) 2022 RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/55 Thu, 06 Jan 2022 00:00:00 +0000 PREVALÊNCIA DE DEPRESSÃO, ANSIEDADE E ESTRESSE PROFISSIONAL EM DOCENTES DE UM CENTRO UNIVERSITÁRIO PRIVADO NA ZONA DA MATA MINEIRA: UM REFLEXO DA PANDEMIA OU APENAS RESULTADO DO TRABALHO? https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/75 <p><strong>Introdu</strong><strong>çã</strong><strong>o</strong>: O coronavírus infectou e matou inúmeras pessoas, para contê-lo surgiram as medidas de isolamento e distanciamento social. No meio acadêmico, foi instituído o ensino remoto adaptado, assim os professores se inseriram num contexto onde a tecnologia e a gestão de tempo podem ser ou não aliadas. <strong>Objetivos</strong>: traçar o perfil epidemiológico dos professores e avaliar transtornos como estresse no trabalho, depressão e ansiedade. <strong>M</strong><strong>é</strong><strong>todos</strong>: Estudo transversal quantitativo que utilizou 4 questionários, 3 já validados adaptados para modelo virtual e 1 autoral online, o convite foi feito por e-mail e whatsapp. <strong>Resultados</strong>: Participaram da pesquisa 22 professores de 10 cursos diferentes, de maioria feminina, em união estável, com renda até 10 salários e menos que 39 anos de idade. Destes, 12 (54.6%) foram classificados como levemente depressivos e 2 (9.1%) como graves, para a ansiedade 5 (22.7%) eram leves, 2 (9.09%) moderados e 1 (4.54%) severo, para o estresse 5 (22.7%) detinham alto grau, e do total 8 (36.4%) possuíam mais de um diagnóstico. <strong>Conclus</strong><strong>ã</strong><strong>o</strong>: Embora a adesão tenha sido menor do que a esperada, os resultados parecem indicar uma tendência ao adoecimento e recaídas em professores, sendo necessário avaliar as variáveis relacionadas às enfermidades.</p> Letícia Vieira da Silva, André Ambrósio Pires de Oliveira, Daniel Mendes de Almeida, Gustavo Leite Camargos, Gisele Aparecida Fófano Copyright (c) 2022 RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/75 Tue, 25 Jan 2022 00:00:00 +0000 POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE À POPULAÇÃO LGBT: UM OLHAR NAS AÇÕES DE SAÚDE POR MEIO DA MULTIDISCIPLINARIDADE https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/54 <p>O direito à saúde é considerado universal, resultante de uma grande mobilização política da sociedade.&nbsp; Historicamente a população LGBT sofre preconceitos e têm seus direitos fundamentais violados. Devido a esse fator, o acesso dessa população aos serviços de saúde se torna fraco e sensível, contribuindo para uma piora no estado de saúde do indivíduo. Este estudo se justifica no entendimento de que é necessário que haja o desenvolvimento de ações e estratégias de saúde que possam promover a integralidade, a equidade e a universalidade da atenção à saúde da pessoa LGBT. O objetivo geral desse estudo é descrever as ações e estratégias de saúde para o atendimento específico das pessoas LGBT, com foco na multidisciplinaridade. Trata-se de uma pesquisa descritiva, transversal com abordagem qualitativa, que foi realizada com graduandos dos cursos da área da saúde de uma instituição de ensino superior (IES) situada em um município da grande São Paulo. Embora tenha sido perceptível que a ausência da abordagem dessa temática nos cursos de enfermagem, nutrição, fisioterapia e psicologia, os graduandos descreveram ações e estratégias para a atenção à saúde da população LGBT, levando em consideração os preceitos dos direitos humanos, a integralidade, equidade e universalidade, no campo de suas áreas de conhecimento e da multidisciplinaridade.</p> João Paulo Alves Macedo, Cintia Santos Moreira Morais, Luana Lima Galeano, Maria Aparecida Xavier Moreira da Silva, Gisele Santana Santos Copyright (c) 2022 RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/54 Sat, 01 Jan 2022 00:00:00 +0000 QUALIDADE DE VIDA DOS PORTADORES DE ESCLEROSE MÚLTIPLA: REVISÃO DE LITERATURA https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/57 <p>Esclerose múltipla (EM) é uma doença crônica autoimune onde as células de defesa do organismo atacam o próprio sistema nervoso central causando a destruição da bainha de mielina. Seus sintomas podem variar dependendo do local que foi acometido pela reação inflamatória repercutindo em alterações na vida diária do portador. O presente estudo objetiva identificar os fatores que comprometem a qualidade de vida dos portadores de esclerose múltipla. Trata-se de uma revisão sistemática da literatura realizada nos bancos de dados da &nbsp;<em>Scientific Electronic Library Online</em> (SCIELO) e <em>Medical Literature Analysis and Retrievel System Online </em>(PUBMED), em estudos publicados no período compreendido entre de janeiro de 2018 a dezembro de 2019. Após a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão foram selecionados 8 estudos que compuseramm o escopo da pesquisa. Os principais fatores relacionados ao desenvolvimento de esclerose múltipla são&nbsp; a depressão, a fadiga e a ansiedade e que contribuem &nbsp;para uma pior qualidade de vida dos portadores, afetando progressivamente o bem estar &nbsp;desses indivíduos trazendo consequências físicas e psicológicas. Novos estudos sobre a temática são necessários com o intuito de dar visibilidade ao tema e subsidiar o trabalho de profissionais de saúde no atendimento aos portadores de esclerose, com o intuito de melhorar a sua condição</p> Jhonathan Lima de Almeida, Joarlison da Silva Vanzella, Laryssa Lima Trelha, Ruth Silva Lima da Costa, Marília Perdome Machado Copyright (c) 2022 RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/57 Mon, 10 Jan 2022 00:00:00 +0000 UM ESTUDO DA UTILIZAÇAO DA IMPRESSORA 3D NA ENGENHARIA E NA MEDICINA https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/70 <p>Com o advento da indústria 4.0 que disponibilizou novas tecnologias para as mais diversas áreas, como a impressora 3D. A prototipagem é uma ferramenta utilizada na engenharia, dentre tantas outras, para mitigar erros e otimizar processos, a qual dispõe de muitos recursos e tecnologias, dentre os quais está a prototipagem por impressão 3D, que é um processo por meio de adição de material. Esta tecnologia tem se desenvolvido de forma acelerada nos últimos anos, após as quedas de patentes e pelo desenvolvimento de novas tecnologias e materiais. Esse artigo tem como objetivo estudar a utilização da impressora 3D nas áreas, engenharia, medicina e as tecnologias envolvidas. Fundamentado em uma pesquisa bibliográfica exploratória, nas seguintes bases de dados, google acadêmico e <em>web of Science</em>, em artigos publicados a partir de 2010 sobre o tema aqui tratado. Espera-se que a partir desta pesquisa, se obtenha um maior conhecimento sobre a impressora 3D e tecnologias envolvidas.</p> Beatriz Beca Figueiredo, Francisco Ignácio Giocondo Cesar Copyright (c) 2022 RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://recisatec.com.br/index.php/recisatec/article/view/70 Sun, 23 Jan 2022 00:00:00 +0000