POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE À POPULAÇÃO LGBT: UM OLHAR NAS AÇÕES DE SAÚDE POR MEIO DA MULTIDISCIPLINARIDADE

Autores

  • João Paulo Alves Macedo
  • Cintia Santos Moreira Morais
  • Luana Lima Galeano
  • Maria Aparecida Xavier Moreira da Silva
  • Gisele Santana Santos

DOI:

https://doi.org/10.53612/recisatec.v2i1.54

Palavras-chave:

Pessoa LGBT, Políticas Públicas de Saúde, Vulnerabilidade em Saúde, Equipe Multiprofissional. Direitos Humanos.

Resumo

O direito à saúde é considerado universal, resultante de uma grande mobilização política da sociedade.  Historicamente a população LGBT sofre preconceitos e têm seus direitos fundamentais violados. Devido a esse fator, o acesso dessa população aos serviços de saúde se torna fraco e sensível, contribuindo para uma piora no estado de saúde do indivíduo. Este estudo se justifica no entendimento de que é necessário que haja o desenvolvimento de ações e estratégias de saúde que possam promover a integralidade, a equidade e a universalidade da atenção à saúde da pessoa LGBT. O objetivo geral desse estudo é descrever as ações e estratégias de saúde para o atendimento específico das pessoas LGBT, com foco na multidisciplinaridade. Trata-se de uma pesquisa descritiva, transversal com abordagem qualitativa, que foi realizada com graduandos dos cursos da área da saúde de uma instituição de ensino superior (IES) situada em um município da grande São Paulo. Embora tenha sido perceptível que a ausência da abordagem dessa temática nos cursos de enfermagem, nutrição, fisioterapia e psicologia, os graduandos descreveram ações e estratégias para a atenção à saúde da população LGBT, levando em consideração os preceitos dos direitos humanos, a integralidade, equidade e universalidade, no campo de suas áreas de conhecimento e da multidisciplinaridade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Paulo Alves Macedo

Universidade de Mogi das Cruzes

Cintia Santos Moreira Morais

Universidade de Mogi das Cruzes

Luana Lima Galeano

Universidade de Mogi das Cruzes

Maria Aparecida Xavier Moreira da Silva

Universidade de Mogi das Cruzes

Gisele Santana Santos

Universidade de Mogi das Cruzes

Referências

ASSIS, Patrycya Yhanny de Souza et al. Características sociodemográficas e acadêmicas dos discentes da área da saúde. Revista da Universidade Vale do Rio Verde, Três Corações, v. 13, n. 1, p. 154-164, 2015.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução CNS nº 466 de 12 de dezembro de 2012 que aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2013/res0466_12_12_2012.html.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa. Departamento de Apoio à Gestão Participativa. Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais / Ministério da Saúde, Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa, Departamento de Apoio à Gestão Participativa. Brasília: 1. ed., 1. reimp. Ministério da Saúde, 2013. DISPONÍVEL EM: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nacional_saude_lesbicas_gays.pdf

BITTENCOURT, Danielle; FONSECA, Vanessa; SEGUNDO, Márcio. Acesso da população LGBT moradora de favelas aos serviços públicos de saúde: entraves, silêncios e perspectivas. Conexões PSI, v. 2, n. 2, p. 60-85, 2015.

BUCCI, Maria Paula Dallari. Políticas públicas e direito administrativo. Revista de informação legislativa, v. 34, n. 133, p. 89-98, 1997.

CAUMO, Bruna Lucas; CALAZANS, Márcia Esteves. Políticas Públicas para a População LGBTI no Brasil. VII Seminário Corpo, Gênero e Sexualidade, III Seminário Internacional, Corpo, Gênero e Sexualidade, III Luso-Brasileiro Educação, Sexualidade, Gênero, Saúde e Sustentabilidade, Residências e ocupações nos Espaços de Educação. Universidade Federal do Rio Grande – UFRG, 19-21 set. 2018. Disponível em: <https://7seminario.furg.br/images/arquivo/232.pdf>.

GIL, Antônio Carlos. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. São Paulo: ATLAS LTDA, 2017.

GUERRA, Elaine Linhares de Assis. Manual de Pesquisa Qualitativa. Belo Horizonte: GRUPO ÂNIMA EDUCAÇÃO, 2014.

MARTINS, Dilermando Aparecido Borges; PREUSS, Lislei Teresinha. Os avanços e desafios de políticas públicas na área da saúde para a comunidade LGBT. In: II Congresso Internacional de Política Social e Serviço Social. 2017.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 7. ed., São Paulo: Hucitec; Rio de Janeiro: Abrasco, 2000.

PARENTE, Jeanderson Soares et al. Álcool, drogas e violência: implicações para a saúde de minorias sexuais. Reprodução & Climatério, v. 30, n. 3, p. 108-114, 2015.

PEREIRA, Cleyton Feitosa. Notas sobre a trajetória das políticas públicas de direitos humanos LGBT no Brasil. Revista Interdisciplinar de Direitos Humanos, v. 4, n. 1, p. 115-137, 2016.

PRADO, Elizabeth Alves de Jesus; SOUSA, Maria Fátima de. Políticas públicas e a saúde da população LGBT: uma revisão integrativa. Tempus-Actas de Saúde Coletiva, Brasília, v.11, n. 1, p. 69-80, mar. 2017.

SILVA, Ana Luísa et al. A Bioética Cotidiana como instrumento de reflexão sobre a atenção à saúde da população LGBT. Revista Brasileira de Bioética, v. 13, p. 1-10, 2017.

SILVA, Luciana Amaral de Faria; RODRIGUES, Andrea Macedo de Souza. Automedicação entre estudantes de cursos da área de saúde. Revista Brasileira De Farmácia, Bahia, v.95, n.3, p.961 – 975, 2014.

SILVA, Tirza Almeida et al. Movimento LGBT, políticas públicas e saúde. Amazônica-Revista de Psicopedagogia, Psicologia escolar e Educação, v. 21, n. 1, Jan-Jun, p. 191-208, 2018.

SOUZA, Alcimar da Silva. Os desafios na garantia de direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais no contexto do Sistema Único de Saúde (SUS). In: IV Seminário Elencando Sexualidades. 2015.

SOUZA, Celina. Políticas públicas: uma revisão da literatura. Sociologias [online]. 2006, n. 16 [Acessado 2 Dezembro 2021] p. 20-45. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S1517-45222006000200003>.

Downloads

Publicado

01/01/2022

Como Citar

Alves Macedo, J. P., Santos Moreira Morais, C. ., Lima Galeano, L., Aparecida Xavier Moreira da Silva, M., & Santana Santos, G. (2022). POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE À POPULAÇÃO LGBT: UM OLHAR NAS AÇÕES DE SAÚDE POR MEIO DA MULTIDISCIPLINARIDADE. RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405, 2(1), e2154. https://doi.org/10.53612/recisatec.v2i1.54