A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO PERMANENTE HOSPITALAR NO PERÍODO DA COVID-19

Autores

DOI:

https://doi.org/10.53612/recisatec.v2i1.60

Palavras-chave:

Covid-19, Educação Permanente, Unidades Hospitalares

Resumo

A pandemia causada pelo novo Coronavírus (COVID-19) tornou-se um dos grandes desafios deste século. Seus impactos históricos e sociais ainda estão em andamento, mas seus efeitos atingiram tanto a área da saúde quanto a economia da população mundial, Emergências em saúde pública exigem ações rápidas, e constituem situações em que devemos adaptar nossa capacidade de resposta diante de cenários imprevistos. Por isso, conhecer e aprender com os impactos de epidemias anteriores é o meio mais eficaz para melhorar o enfrentamento de seus efeitos. Objetivo: Evidenciar a importância da educação permanente no âmbito hospitalar, ressaltando o período desafiador da COVID-19. Metodologia: O presente estudo consiste em uma revisão bibliográfica de natureza teórica, com finalidade descritiva por meio de procedimento documental, artigos e bibliográfico, com conteúdos coletados das bases de dados da Scielo, LILACS, E BVS entre os anos 2007 e 2021. Utilizando os descritores COVID-19, EDUCAÇÃO PERMANENTE E UNIDADES HOSPITALARES. Resultados e Discussão: Durante a pandemia, foi possível perceber que a Educação Permanente em seu papel de promover e inspirar a troca de experiências desempenhou um papel fundamental e singular, proporcionando aos profissionais o reconhecimento de suas limitações, o fortalecimento de seus conhecimentos e a possibilidade de juntos superar limites e dificuldades através do desenvolvimento do seu potencial. Conclusão: Observou-se que o papel desempenhado pela EP, pode promover através do ensino-aprendizagem, estratégias para a oferta de uma prática assistencial firmada em processos institucionais, de forma segura ao paciente

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sarytha Edith Harrys de Lemos dos Santos Silva

Centro Universitário Brasileiro - UNIBRA

Milena Maria Andrade de Oliveira

Bacharel em Enfermagem pela instituição. Centro Universitario Brasileiro-UNIBRA.

e-mail: Enfer.andrade@yahoo.com

 

Mirela Claudia da Silva

Bacharel em Enfermagem pela instituição. Centro Universitario Brasileiro-UNIBRA.

EMAIL: Mirelaclaudia2011@gmail.com

 

Hosana Sintique Lima Correia de Melo

Bacharel em Enfermagem pela instituição. Centro Universitario Brasileiro-UNIBRA

email: hosanasintique@hotmail.com

 

Alex José Moreira da Silva

Discente em enfermagem pela instituição. Centro Universitario Brasileiro- UNIBRA

email: alexmoreiraenf@gmail.com

Vanessa Vansemberg Conceição Silva

Bacharel em Enfermagem pela instituição . Centro Universitario Brasileiro-UNIBRA

Email: Vanessavansemberg40@gmail.com

 

Caio César de Carvalho Cavalcante

Enfermeiro intensivista com ênfase em gestão de cuidados de alta complexidade.  Residência em Ortopedia e Traumatologia, com Imersão na Cultura de Segurança do Paciente. Universidade Federal de Pernambuco

Priscilla Fernandes Silva de Freitas

Bacharel em Enfermagem pela instituição UNINASSAU. PÓS-Graduanda em Saúde Publica

email: priscillafsfreitas@hotmail.com

 

Alex Sandra Alexandrina de Almeida, UNIBRA

Docente na Instituição Centro Universitario Brasileiro-UNIBRA. PÓS-Graduada em Enfermagem Esteta pela FAVENI

email:almeida_2003@hotmail.com

 

Hugo Christian de Oliveira Felix

Docente da UNIBRA.. Especialista em Gestão Educacional.

E-mail: prof.hugo@outlook.com

Referências

ALVES, ALBERTISA RODRIGUES; GOMES, ILVANA LIMA VERDE; CUSTÓDIO, LÍVIA LOPES. EDUCAÇÃO PERMANENTE EM ENFERMAGEM NA COVID-19: RELATO DE EXPERIÊNCIA. 2021. DISPONÍVEL EM: https://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/534. ACESSADO EM: 01 dez. 2021.

BRITO, LUCIANA; BORGES, LUNA; FORTES, PABLO; GOMES, ANDREIA; NARCISO, LUCIANA; PALÁCIOS, MARISA; -, SERGIO REGO; SANTOS, SONIA; SCHRAMM, FERMIN ROLAND; THOME, BEATRIZ. IMPACTOS SOCIAIS DA COVID-19: UMA PERSPECTIVA SENSÍVEL A DESIGUALDADE DE GENERO. 2020. DISPONÍVEL EM: https://portal.fiocruz.br/documento/impactos-sociais-da-covid-19-uma-perspectiva-sensivel-desigualdades-de-genero. Acesso em: 01 dez. 2021.

BRITO, SÁVIO BRENO PIRES; BRAGA, ISAQUE OLIVEIRA; CUNHA,CAROLINA COELHO; PALÁCIO, MARIA AUGUSTA VASCONCELOS; TAKENAMI, LUKARY. PANDEMIA DA COVID-19: O MAIOR DESAFIO SO SECULO XXI. 2020. DISPONÍVEL EM: https://visaemdebate.incqs.fiocruz.br/index.php/visaemdebate/article/view/1531. Acesso em: 01 dez. 2021.

FELICIANO AB, et al. A PANDEMIA DE COVID-19 E A EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE. CADERNOS DA PEDAGOGIA, 2020; 14(29) 120-135.

FIGUEIREDO EBL, et al. DEZ ANOS DA EDUAÇÃO PERMANENTE COMO POLITICA DE FORMAÇÃO EM SAÚDE NO BRASIL:UM ESTUDO DAS TESES E DISSERTAÇÕES. Trab. educ. saúde, 2017; 15(1): 147-162

GOMES, ILVANIA LIMA VERDE; ALVES, ALBERTISA RODRIGUES; MOREIRA, THEREZA MARIA MAGALHÃES; CAMPOS, DANIELLA BARBOSA; FIGUEIREDO, SARAH VIEIRA. REFLEXÕES SOBRE A PANDEMIA COVID-19 E AÇÕES DE EDUCAÇÃO PERMANENTE EM ENFERMAGEM NUM HOSPITAL. 2020. DISPONÍVEL EM: https://www.globalacademicnursing.com/index.php/globacadnurs/article/view/45/100. Acesso em: 01 dez. 2021.

PERNAMBUCO. DECRETO nº 48.696/2020. DISPONIVEL EM: https://www.amupe.org/wpcontent/uploads/2020/03/Governo-de-Pernambuco-DECRETO-N%C2%BA-48.969-DE-23-DE-ABRIL-DE-2020-.pdf. Acesso em: 08 de dezembro de 2021.

MINISTERIO DA SAÚDE,PORTARIA Nº 1.996, DE 20 DE AGOSTO DE 2007,DISPÕE SOBRE AS DIRETRIZES PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE. DISPONÍVEL EM: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2007/prt1996_20_08_2007.html. ACESSO EM: 08 dez. 2021.

NEVES, VANUSA NASCIMENTO SABINO ET AL. UTILIZAÇÃO DE LIVES COMO FERRAMENTA DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE DURANTE A PANDEMIA PELA COVID-19. EDUCAÇÃO & SAÚDE [online]. 2021, v. 42 [Acessado 1 Dezembro 2021] , e240176. DISPONÍVEL EM: <https://doi.org/10.1590/ES.240176>. Epub 22 Mar 2021. ISSN 1678-4626. https://doi.org/10.1590/ES.240176. ACESSO EM 07 DEZ. 2021.

SANTOS, RENATA LOPES DO NASCIMENTO ET AL. POTENCIALIDADE DA EDUCAÇÃO PERMANENTE NA PREVENÇÃO DA INFECÇÃO PELO COVID-19 EM PROFISSIONAIS DE SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA. REVISTA ELETRÔNICA ACERVO SAÚDE | ISSN 2178-2091, 2021, | Vol.13(3) | DOI: https://doi.org/10.25248/REAS.e6465.2021, acessado em 08 dez. 2021.

Downloads

Publicado

21/01/2022

Como Citar

Harrys de Lemos dos Santos Silva, S. E., Oliveira, M. M. A. de ., Claudia da Silva, M., Sintique Lima Correia de Melo, H., José Moreira da Silva, A. ., Vansemberg Conceição Silva, V. . ., César de Carvalho Cavalcante, C. ., Fernandes Silva de Freitas, P. ., Alexandrina de Almeida, A. S. ., & Christian de Oliveira Felix, H. (2022). A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO PERMANENTE HOSPITALAR NO PERÍODO DA COVID-19. RECISATEC - REVISTA CIENTÍFICA SAÚDE E TECNOLOGIA - ISSN 2763-8405, 2(1), e2160. https://doi.org/10.53612/recisatec.v2i1.60